Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020
GERAL

POA | Família assassinada após discussão no trânsito tinha ligação com Bagé

A familia de Fabiana residia em Bagé

Publicada em 31/01/20 às 17:12h - 14754 visualizações

por Paulo Moura


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Casal e filho foram mortos a tiros  (Foto: Reprodução)

O assassinato de uma família após uma discussão de trânsito no domingo (26), no bairro Lami, zona sul de Porto Alegre, devastou parentes e amigos chegados. De uma comemoração a um "pesadelo", foi assim que Marcio Becker, padrinho de uma das vítimas, definiu nesta segunda-feira (27) o turbilhão de emoções que sucederam o episódio.

Rafael Zanetti Silva, 45 anos, a esposa dele, Fabiana da Silveira Innocente Silva, 44, e o filho do casal, Gabriel da Silveira Innocente Silva, 20 anos, estavam em um Citröen Aircross que colidiu com a Ecosport de Dionatha Bitencourt Vidaletti, 24 anos.Ele estava com a mãe no momento do crime, fugiu após ter efetuado os disparos e não foi mais localizado.

No Aircross ainda estavam o outro filho do casal, de oito anos, e a namorada do jovem assassinado, de 18 anos. Nenhum dos dois ficou ferido.

A Justiça decretou a prisão de Dionatha na manhã desta segunda-feira(27).

Segundo a chefe da Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, o pedido de prisão foi feito exatamente devido ao sumiço do homem. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios, na Zona Sul.

LIGAÇÃO COM BAGÉ E MAIS UM DRAMA:

A família de Fabiana reside em Bagé e até esta sexta feira(31) ainda estavam em POA e agora vivendo mais um drama:

O filho mais novo do casal, agora órfão, foi levado por uma tia(cunhada de Fabiana) para São Paulo logo após o sepultamento e sem autorização da Justiça e não há qualquer comunicação ou notícia da criança de 8 anos de idade.

A reportagem do Bagé 24h, com exclusividade conversou com Renam da Silveira Inoccente, irmão de Fabiana, na tarde desta sexta(31).

Segundo ele, foi feito um acordo em reunião entre familiares do casal realizada com a presença de uma advogada e decidido que a criança seria trazida para Bagé para morar com os avós maternos.

Após a reunião, quando tudo estava acertado, a irmã de Rafael foi até a residência do casal, que estava junto há mais de 20 anos, reunido alguns documentos e logo em seguida ido para São Paulo com a criança sem dar mais nenhuma notícia.


Os avós irão buscar na justiça a guarda da criança.

O Bagé 24h irá acompanhar esse caso e se houver novas informações atualizaremos.






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (53) 9 99790904

Visitas: 1317598
Usuários Online: 204
Copyright (c) 2020 - Bagé 24 Horas - CNPJ 18.981.869/0001-20